Tamanho do texto

Com o negócio, subsidiária uruguaia assume uma carteira de crédito de US$ 60 milhões

Agência Estado

O Itaú Unibanco comprou as operações de varejo do Citibank no Uruguai, de acordo com fato relevante publicado pela instituição financeira do Brasil. Com o negócio, a subsidiária do Itaú Unibanco no Uruguai, o Itaú Uruguay (BIU), assume um portfólio de mais de 15 mil clientes correntistas que representam mais de US$ 265 milhões em depósitos e uma carteira de crédito de US$ 60 milhões.

-Veja também: Itaú planeja chegar às cidades da Copa de 2014 de bicicleta

A transação também inclui a plataforma de cartões de crédito do Citibank emitidos no Uruguai nas bandeiras Visa, MasterCard e Diners, os débitos de seguros associados a esses cartões e empréstimos pessoais, além das agências de Carrasco e Punta Carretas. O valor envolvido no negócio não foi divulgado.

A operação está em linha com o foco estratégico do Itaú de fortalecer a atuação no Uruguai
Getty Images
A operação está em linha com o foco estratégico do Itaú de fortalecer a atuação no Uruguai

De acordo com comunicado do Itaú, não é "significativo" para a instituição e, portanto, "não acarretará efeitos contábeis relevantes em seus resultados". O gerente-geral do Itaú Uruguay, Horacio Vilaró, destacou, em nota, que a aquisição reforça o posicionamento do banco, que crescia de maneira orgânica.

A operação está em linha, conforme comunicado do banco, com o foco estratégico do Itaú de fortalecer a atuação no Uruguai.

"Todos esses anos crescendo, organicamente, nos garantiu o segundo lugar entre os bancos privados no país e um papel importante como emissor de cartões de crédito. Estamos muito animados para oferecer nossos serviços a esta nova base de clientes e estamos confiantes que nos escolham como seu banco principal", destacou Vilaró, em nota.

O Itaú Unibanco negociava a compra das operações de varejo do Citi no Uruguai desde meados de abril. Na ocasião, a instituição também acertava a compra da Credicard, oficializada há pouco mais de um mês, por mais de R$ 2,7 bilhões.

A Credicard chegou a ser disputada pelos Bancos Santander e Bradesco, mas foi vendida ao Itaú Unibanco, uma vez que foi a empresa que ajudou a constituir a base de clientes ao lado do Citi e do Unibanco, que na época ainda não tinha se unido ao grupo.

No Uruguai, a subsidiária do Itaú Unibanco conta com mais de 250 mil clientes, 23 agências e 572 funcionários. Os ativos somam US$ 3,250 bilhões enquanto os recursos geridos totalizam mais de US$ 7 bilhões, incluindo depósitos locais e custódia, conforme dados de maio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.