Tamanho do texto

Fabricante brasileira de aeronaves exportou US$ 394,526 milhões no mês passado

Agência Estado

Com o desempenho, a companhia acumula vendas externas de US$ 1,340 bi nos primeiros 5 meses
Getty Images
Com o desempenho, a companhia acumula vendas externas de US$ 1,340 bi nos primeiros 5 meses

As exportações da Embraer cresceram 14,72% em maio, após queda em abril, e permitiram que a fabricante de aeronaves retomasse a posição dentre as dez maiores exportadoras brasileiras.

-Veja também: Vale lidera exportações no acumulado de 2013, com US$ 10 bilhões

Segundo dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) nesta quarta-feira (19), a fabricante de aeronaves exportou US$ 394,526 milhões no mês passado, ante US$ 343,893 milhões há um ano.

Com o desempenho, a companhia acumula vendas externas de US$ 1,340 bilhão nos primeiros cinco meses ou 1,44% do total exportado pelo País. A participação coloca a Embraer na oitava posição das maiores exportadoras brasileiras.

Ainda assim, o montante é 19,68% menor do que o apurado entre janeiro e maio do ano passado.

O motivo foi o desempenho fraco em abril, com queda de 53,37% na comparação com o mesmo mês de 2012, ou US$ 230,552 milhões, o que fez a empresa cair à posição de 11ª maior exportadora do País.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.