Tamanho do texto

De início, 340 pessoas serão demitidas em Erlangen e Offenbach, na divisão de soluções energéticas. No médio prazo, mais 650 empregos serão cortados em três unidades

Agência Estado

A Siemens vai cortar mais mil empregos em sua divisão de energia nos próximos anos, segundo informou o jornal alemão Frankfurter Allgemeine. De início, 340 pessoas serão demitidas em Erlangen e Offenbach, na divisão de soluções energéticas. No médio prazo, mais 650 empregos serão cortados em três unidades, enquanto a companhia deve criar empregos na Coreia do Sul, disse o jornal. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também: Crescimento da economia alemã acelera no segundo trimestre

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.