Tamanho do texto

Grupo aéreo prevê investir US$ 4,846 bilhões em sua frota de aviões entre 2013 e 2015

Reuters

A Latam Airlines, maior grupo aéreo da América Latina, aprovou nesta terça-feira (11) um aumento de capital destinado a financiar parte de seus investimentos de US$ 11 bilhões, que a empresa espera concluir nos próximos cinco anos para diminuir os custos e fortalecer suas operações.

-Veja também: S&P atribui rating BB à Latam Airlines

Os acionista da Latam, formada pela chilena LAN e pela brasileira TAM, aprovaram uma capitalização de US$ 1 bilhão mediante a emissão de até 63,5 milhões de ações.

O grupo prevê investir US$ 4,846 bilhões em sua frota de aviões entre 2013 e 2015, embora os desembolsos mais que duplicariam até 2017, disse o presidente da empresa, Maurício Amaro, em uma reunião de acionistas.

Nos próximos cinco anos a empresa prevê incorporar 165 novos aviões e contar com frota de 378 aeronaves
Getty Images
Nos próximos cinco anos a empresa prevê incorporar 165 novos aviões e contar com frota de 378 aeronaves

Assim, nos próximos cinco anos a empresa prevê incorporar 165 novos aviões e contar com uma frota total de 378 aeronaves.

Com esses investimentos, a empresa busca renovar sua frota, especialmente na unidade brasileira e assim, reduzir custos e melhorar a eficiência.

"O que estamos fazendo é substituir uma parte importante da frota que é muito mais ineficiente que a que estamos incorporando", disse Roberto Alvo, vice-presidente de Planificação, Gestão e Estudos da Latam.

Antes da fusão com a TAM, a LAN era uma das poucas empresas aéreas no mundo com grau de investimento. Mas logo após a conclusão da união, as agências de classificação de risco rebaixaram a nota devido a situação financeira da empresa brasileira.

O aumento de capital que esperam concluir até o fim de setembro tem como objetivo o fortalecimento das finanças do grupo e a recuperação do cobiçado grau de investimento até 2015, como disse o vice-presidente executivo da empresa, Enrique Cueto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.