Tamanho do texto

Acordo tiraria um oponente de peso do caminho da Heinz, ela própria objeto de uma aquisição de US$ 23,2 bilhões pela Berkshire Hathaway, e pela 3G Capital

Reuters

Ketchup Heinz
Getty Images
Ketchup Heinz

O regulador antitruste da Austrália bloqueou a tentativa da gigante de alimentos Heinz de comprar o controle da Rafferty's Garden, fornecedora de comida orgânica para bebês, justificando que o negócio reduziria significativamente a concorrência no mercado.

Veja mais: Compra da Heinz por donos da Ambev e Warren Buffett tem aprovação regulatória

A Comissão Australiana de Competição e do Consumidor afirmou que o acordo tiraria um oponente de peso do caminho da Heinz, ela própria objeto de uma aquisição de US$ 23,2 bilhões pela Berkshire Hathaway, holding de Warren Buffett, e pela empresa de private equity 3G Capital, do brasileiro Jorge Paulo Lemann.

"A transação combinaria as atividades dos dois maiores fornecedores de alimentos infantis secos e molhados na Austrália, resultando em um mercado altamente concentrado, no qual as barreiras à entrada e expansão são altas", disse em comunicado o chairman da instituição, Rod Sims.

Veja também: Ambev assina protocolo para construir quarta fábrica em Minas Gerais

Ao bloquear o acordo, as autoridades regulatórias interromperam os planos da Anacacia Capital, empresa de private equity que é dona da Rafferty's Garden. A companhia investiu no crescimento acelerado da Rafferty após comprar o controle da companhia em 2010.

Os detalhes financeiros do negócio não foram divulgados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.