Tamanho do texto

Financiadora de projetos planeja aumentar a fatia de 20% destes investidores nos veículos

A Agência Brasileira da Inovação (Finep), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, planeja pleitear a isenção de Imposto de Renda para pessoas físicas que investirem em projetos ligados à área por meio da criação de um fundo de participações na área de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (FIP PDI). 

A declaração foi feita pelo chefe da área de investimentos em fundos da Finep, Augusto Ferreira da Costa Neto. Ele lembra que o benefício já existe para fundos que investem no setor de infraestrutura "Queremos incorporar este fundo na financiadora. Estamos buscando apoio de gestores interessados". 

Leia também: Finep pretende investir em pelo menos duas empresas este ano

Costa Neto aponta a necessidade de mais investidores no segmento. "Hoje as pessoas físicas representam 20% dos nossos fundos. Acreditamos que esse número possa crescer", completa.

"Isso porque temos uma base conservadora como consequência de um cenário de juros altos. Com a queda dos juros, a tendência é que o investidor busque investimentos alternativos".

O fundo poderá investir em empresas maduras (private equity), em desenvolvimento (venture capital) ou em estágio inicial (capital semente). 

A Finep já oferece garantia de liquidez para investidores privados que investem em seus fundos. Caso o veículo de investimento não atinja a rentabilidade objetivada, a financiadora assegura o retorno da maior parte do capital investido.

    Leia tudo sobre: inovação
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.