Tamanho do texto

Principal mediadora de audiência televisiva nos EUA anunciou nesta terça-feira (18) o acordo para comprar sua equivalente no rádio

Reuters

A Nielsen, conhecida por suas medições de audiência de televisão, firmou acordo para comprar a sua equivalente no rádio, Arbitron, por US$ 1,26 bilhão, anunciou a empresa nesta terça-feira.

O preço de compra de US$ 48 por ação representa um prêmio de 26% frente ao fechamento preço do papel da Arbitron na segunda-feira na bolsa de valores de Nova York.

A audiência --medida pela Nielsen na TV e pela Arbitron no rádio-- determina quanto é cobrado de anunciantes por publicidade. Quanto maior a audiência --maior o número de pessoas assistindo ou escutando--, mais caro é o anúncio.

"É um imenso acordo para a Nielsen", disse o analista Edward Atorino, do Benchmark. "Acrescenta rádio, que é um imenso mercado." A Nielsen disse que com a Arbitron, planeja expandir sua pesquisa de audiência "Watch", que acompanha os hábitos de consumidores em várias telas, como TV, computadores e dispositivos móveis.

"A Arbitron vai ajudar a Nielsen a melhor resolver áreas não medidas de consumo de mídia, incluindo transmissão de áudio e os hábitos da audiência fora de suas casas", disse o presidente-executivo da Nielsen, David Calhoun.

"O alto nível de engajamento com rádio e TV em meio a audiências multiculturais de rápido crescimento faz disso central para as prioridades da Nielsen."

A Arbitron registrou receita de 445 milhões de dólares nos 12 meses até 30 de setembro. A transação foi aprovada pelos conselhos de administração de ambas as companhias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.