Tamanho do texto

A companhia disse esperar lucro de 200 milhões a 250 milhões de dólares no 4º trimestre

Reuters

 A Delta Air Lines disse nesta quarta-feira que espera um crescimento no lucro em 2013 e que apresentará um plano de retorno de recursos aos acionistas.

O presidente-executivo, Richard Anderson, disse, durante conversa com investidores, que a Delta, a segunda maior empresa aérea dos Estados Unidos, espera um lucro de 1,6 bilhão de dólares neste ano. Ele afirmou que 2013 deverá ter uma "sólida melhora" em relação a 2012.

A Delta disse esperar lucro de 200 milhões a 250 milhões de dólares no quarto trimestre, excluindo itens, apesar das interrupções causadas pelo furacão Sandy, que atingiu a costa Nordeste dos Estados Unidos em outubro, e causou milhares de cancelamentos de voos.

Veja mais:  Delta Air Lines perde US$ 30 milhões em receita por supertempestade Sandy

Empresas aéreas norte-americanas realizaram fusões, pararam de voar em rotas não lucrativas e elevaram preços para se recuperar nos últimos anos. Elas também criaram novas origens de receita com taxas de bagagem e alimentos, medidas que têm ajudado a entregar lucros em meio à volatilidade de preços de combustíveis.

A Delta apoia a consolidação da indústria, disse Anderson, prevendo que a American Airlines, da AMR, e a Airways Group irão chegar a um acordo logo. As duas empresas mantém negociações para uma possível fusão.

A Delta, que adquiriu a Northwest Airlines em 2008, cortou custos à medida que se posicionou para o crescimento. Na terça-feira, a empresa anunciou a compra de uma participação de 49 por cento na britânica Virgin Atlantic e uma joint venture que pode dar acesso expandido ao aeroporto Heathrow, em Londres.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.