Tamanho do texto

Medida para desenvolver as áreas petrolíferas a partir da emissão de ações teria que ser acertada com o empresário Eike Batista

Reuters

A OGX afirmou nesta terça-feira que, para desenvolver suas áreas petrolíferas, talvez seja necessário realizar uma emissão de ações prevista numa operação acertada com o empresário Eike Batista, controlador da companhia.

O bilionário se ofereceu, segundo fato relevante divulgado em outubro, para comprar até 1 bilhão de dólares em novas ações da sua companhia até abril de 2014, caso a empresa não encontre alternativas favoráveis de capitalização.

"Nós temos o direito de vender, ao acionista controlador, a R$ 6,30 (por ação). Nós temos o direito, não significa que vamos fazer", disse o diretor financeiro da OGX, Roberto Monteiro, em entrevista a jornalistas, após evento com analistas no Rio.

Veja também:  OGX anuncia compra de 40% de bloco da Petrobras na Bacia de Santos

A ação da OGX operava em queda de 3,5%, a R$ 4,6, às 12h42, enquanto o Ibovespa caía 0,2%.

A OGX busca formas de financiar o desenvolvimento de blocos de petróleo, entre eles o BS-4, na bacia de Santos, o qual a companhia adquiriu em novembro 40% de participação junto à Petrobras por US$ 270 milhões.

Com a compra do BS-4, a previsão de investimento da companhia para 2013 foi elevada em até US$ 130 milhões, para cerca de US$ 1,3 bilhão, contra mais de US$ 2 bilhões em 2012.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.