Tamanho do texto

Segundo os sindicatos que representam os empregados, paralisações de 24 horas irão ocorrer em 14 de dezembro e depois nos cinco dias entre 17 e 21 de dezembro

Reuters

Funcionários da companhia aérea espanhola Iberia confirmaram uma série de greves programadas para dezembro, prejudicando a temporada de viagens de final de ano, para protestar contra cortes de emprego em massa.

As paralisações de 24 horas irão ocorrer em 14 de dezembro e depois nos cinco dias entre 17 e 21 de dezembro, afirmaram líderes sindicais.

Representantes da empresa e analistas alertaram que as greves prejudicariam a imagem da deficitária companhia.

A Iberia, que forma a International Airlines Group com a British Airways, anunciou no começo do mês que demitirá quase 25 por cento dos funcionários e que reduzirá a capacidade para se tornar mais competitiva.

Os sindicatos afirmaram que as greves devem afetar também outras companhias, considerando que funcionários da Iberia são responsáveis pelas bagagens em muitos dos aeroportos na Espanha.

O turismo representa 11 por cento da economia espanhola, que se encontra em forte recessão e vem sofrendo com o elevado nível de desemprego, atualmente em 25 por cento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.