Tamanho do texto

Vídeo que alerta para o risco de acidentes no metrô de Melbourne atrai14 milhões de visitas

O vídeo da campanha das autoridades de transporte da cidade australiana de Melbourne com personagens se matando em diversas formas banais se tornou na última semana uma espécie de novo "Gangnan Style" (sucesso planetário do rapper sul-coreano Psy), e já conta com mais de 14 milhões de visualizações no site YouTube.

Criaturas coloridas e redondinhas morrem em circunstâncias improváveis que vão desde cutucar um urso com vara até usar as partes íntimas como isca de piranha, ou vender os rins na Internet.

O refrão final descreve "maneiras mais estúpidas de morrer" e remete ao transporte - ficar na beirada de uma plataforma plataforma ferroviária e driblar a cancela para atravessar com o carro uma passagem de nível sobre os trilhos do trem.

Tanto a Metro Trains, empresa do metro de Melbourne, como o criador do clipe John Mescall se dizem surpresos com a enorme popularidade do vídeo.

"A decisão de tratar temas mórbidos de um jeito fofo é o que o torna engraçado", disse Mescall ao site de marketing autraliano mUmbrella.

"No fim das contas, é uma propaganda que não se parece em nada com propaganda. É feliz e boba, alegre e inteligente e mais do que um pouco estranha. Coisas intangíveis que são tão difíceis de entender, mas tão importantes".

* Com AFP


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.