Tamanho do texto

Agência pretende movimentar o evento, realizado há 16 anos, com a chegada de novos patrocinadores

“Cultura é business.” Foi com essa frase que o jornalista e empresário Carlos Borges anunciou com exclusividade ao BRASIL ECONÔMICO a parceria feita entre ele e a Momentum Miami. Juntos eles passarão a promover o Brazilian International Press Award, que já é feito há 16 anos por Borges. O foco será o aumento no número de patrocinadores para o evento, que já conta com parceiros como TAM, Rede Globo, Banco do Brasil, além do Ministério das Relações Exteriores.

“Queremos alcançar patrocinadores de outros setores para profissionalizar cada vez mais o nosso evento”, disse Borges. O Brazilian International Press Award premia pessoas que melhor promoveram a imagem do Brasil no exterior. Há oito anos, a primeira mulher a presidir uma academia de letras no mundo subia ao palco para ser homenageada no evento. Por ali, já passaram ícones como o maestro João Carlos Martins e o arquiteto Oscar Niemeyer.

Em paralelo, Borges também promove o Focus Brasil, que desde 2006 realiza seminários sobre cultura, negócios, esporte e turismo. No mês de maio, o encontro é realizado em Miami, já em julho, os palestrantes e empresários de sucesso passam três dias em Tóquio promovendo as novidades do Brasil. Já em setembro, a equipe desembarca em Londres para ministrar os seminários.

“É um ano todo de trabalho querendo mostrar para o mundo que o Brasil vai além do futebol e das mulheres”, contou Borges que ainda disse que a sala de negócios é mais procurada.

Todo o evento é realizado de forma gratuita para os participantes. Porém, o Focus Brasil movimenta por ano de US$ 750 mil a US$1 milhão.

De acordo com o diretor geral da Momentum Miami, Gustavo Herbetta, uma das novidades da parceria entre a agência e este projeto será a customização do evento, tornando o mais atrativo tanto para o mercado publicitário como para o público. “Nós vamos disponibilizar trechos das palestras na internet. Queremos estabelecer uma ponte de negócio entre os dois lados”, declarou Herbetta.

Outra novidade é que o Focus Brasil entrará nas principais universidades dos EUA com conteúdo brasileiro. Já foram fechados contratos, por exemplo, com as Universidades de Harvard e Pittsburgh. Apostando alto nesta nova etapa, a Momentum Miami também vê nos projetos de Borges a chance de prospectar clientes brasileiros que queiram entrar no mercado internacional. “Queremos o contrário também. Alcançar aquele anunciante internacional que quer falar com os brasileiros, seja em Miami, ou seja no Brasil”, afirmou Gustavo.

Para alcançar isso, a Momentum Miami já iniciou o trabalho com a mudança da marca do Focus Brasil. O desenho do Brasil ganhou cores e o S de Brasil será cada vez mais usado. “Vamos esquecer o Brasil com Z. Agora me sinto mais seguro”, relatou Borges.

Além disso, foram estabelecidos três conceitos: interação, inspiração e impacto para chamar a atenção das empresas. “Queremos customizar o produto, mas sem mexer na essência dos projetos”, concluiu Herbetta.

Por conta de seu trabalho na promoção da imagem positiva do Brasil no exterior, Borges foi condecorado pela presidente Dilma Rousseff, em 2012, com a Ordem do Rio Branco.

Leia mais notícias de economia, política e negócios no jornal Brasil Econômico

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.