Tamanho do texto

A GM detém cerca de 77% da GM Korea, mas a participação de 17% do Korea Development Bank dá poder de veto ao banco estatal sobre decisões da montadora

Reuters

A General Motors espera deter quase a totalidade do controle de sua unidade na Coreia do Sul através da compra de uma fatia de 17% detida pela segunda maior acionista da unidade, uma medida que renovou as preocupações de que a empresa poderia estar em busca de uma reestruturação.

A GM detém cerca de 77% da GM Korea, mas a participação de 17% do Korea Development Bank dá poder de veto ao banco estatal sobre decisões da montadora.

O presidente de operações internacionais da GM, Tim Lee, fez uma "oferta informal" ao presidente-executivo do banco, Kang Man-soo, durante uma reunião na Coreia do Sul na sexta-feira, disse um representante do banco que foi informado sobre o assunto.

Ele disse que o banco vai considerar a venda assim que receber uma proposta formal. Uma porta-voz da GM Korea se recusou a comentar o caso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.