Tamanho do texto

A publicação com quase 80 anos foi vendida em novembro de 2010 pelo valor simbólico de US$ 1 e se fundiu com o site jornalístico "The Daily Beast"

EFE

A revista semanal de informação "Newsweek", uma das mais importantes dos Estados Unidos, anunciou nesta quinta-feira que deixará de ser publicada na versão impressa após quase 80 anos de história impressa para estar disponível unicamente na internet a partir de 2013.

"Newsweek" pode acabar com sua versão impressa

A "Newsweek", lançada em 17 de fevereiro de 1933, foi desde então uma das vozes mais importantes da narração da história americana e mundial, e chegará pela última vez aos quiosques de imprensa o 31 de dezembro.

Em 2003 a tiragem da revista era de 4 milhões de exemplares semanais mas, como muitas outras publicações escritas, ultimamente o veículo enfrentava sérios problemas devido à força da informação online, e na primeira metade deste ano quase não chegou a 1,5 milhão.

A publicação, que em 1961 foi comprada pela editora do jornal "The Washington Post", foi vendida em novembro de 2010 pelo valor simbólico de US$ 1 e se fundiu com o site jornalístico "The Daily Beast".

A nova publicação se chamará "Newsweek Global" e potencializará sua presença digital para melhorar sua posição nos aparelhos portáteis, como tablets e smartphones.

O atual site do "Daily Beast" tem 15 milhões de visitas únicas por mês, 70% a mais que há um ano, segundo indicaram Tina Brown e Babba Shetty, respectivamente editora-chefe e diretor executivo da empresa, em anúncio na internet.

"Continuamos comprometidos com a 'Newsweek' e com o jornalismo que ela representa", acrescentaram Tina e Shetty, que enfatizaram que não foi uma decisão baseada na qualidade da informação da revista, mas nos "desafios econômicos da edição e a edição impressas".

Abandonar o papel é "extremamente difícil" mas, enquanto a publicação caminha para seu 80º aniversário em 2013, "devemos sustentar o jornalismo que dá à revista seu propósito e embarcarmos em um futuro digital", concluíram.

A "Newsweek" segue, assim, os passos da que foi a terceira revista semanal mais popular de EUA, "US News & World Report", que passou a existir somente online no início de 2011.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.