Tamanho do texto

Segundo a companhia, no Brasil a produção da EDPR aumentou 59%, para 164 gigawatts/hora

Reuters

A produção de energia eólica da EDP Renováveis teve alta anual de 11%, para 13,3 terawatts-hora (TWh), nos nove meses de 2012, apoiada no aumento da capacidade instalada no leste da Europa e nos Estados Unidos, anunciou a quarta maior geradora eólica mundial.

"A plataforma europeia da EDPR teve uma forte contribuição para o crescimento da produção ao registrar um aumento de 14% sobre os nove meses de 2011, para 6 TWh", disse a EDPR em comunicado, frisando que "este crescimento foi sustentado pelo aumento de produção da Europa Central e do Leste para 1,2 TWh".

A subsidiária de energia limpa do grupo EDP-Energias de Portugal - maior grupo industrial português - adiantou que a produção de eletricidade subiu 9% nos EUA "apoiado no notável recurso eólico já divulgado no primeiro trimestre de 2012 e no aumento de capacidade".

Por sua vez, no Brasil, "a produção da EDPR aumentou 59%, para 164 gigawatts/hora (GWh), após a entrada em operação de 70 MW em maio de 2011", acrescentou.

No mercado português, a produção aumentou 2% entre janeiro e setembro de 2012, tendo crescido 12% na Espanha.

A capacidade instalada subiu para 7.738 MW no final de setembro último, avanço de 458 MW frente a igual período do ano passado.

A EDP Renováveis divulga os seus resultados dos primeiros nove meses do ano em 6 de novembro.