Tamanho do texto

Operação é avaliada em cerca de US$5 bilhões; companhia aérea receberá os aviões entre 2015 e 2022

Reuters

A Alaska Air comprará da Boeing 50 aviões 737, de um só corredor, no valor de tabela de US$5 bilhões, a maior encomenda que já fez até hoje.

A companhia, que só tem Boeing na frota, receberá os aviões entre 2015 e 2022.

A Alaska Air pertence à Alaska Air Group, também dona da Horizon Air.

A maioria dos 50 novos aviões será de 737 MAX, nova versão do 737 que oferece melhor eficiência de combustível, disse a Alaska Air em documento às autoridades regulatórias.

A frota da Alaska Air atualmente é de 120 Boeing 737.

Até 3 de outubro, a Boeing tinha recebido encomendas de 821 unidades do 737 MAX.