Tamanho do texto

Vendas de automóveis europeus caíram 8,5% em agosto, em uma sequência de 11 meses de queda; executivos da indústria automotiva afirmam que a Europa não deve se recuperar em menos de dois anos

Reuters

O presidente-executivo da Fiat e da Chrysler, Sergio Marchionne, vai revisar no fim do mês os planos de crescimento das duas montadoras para os próximos dois anos para refletir a queda nas vendas de automóveis no mercado europeu desde 2009.

As vendas de automóveis europeus caíram 8,5% em agosto, em uma sequência de 11 meses de queda, e vários executivos da indústria automotiva afirmaram que a Europa não deve se recuperar em menos de dois anos.

Marchionne, que chefia as duas montadoras há mais de três anos, vai divulgar a previsão para 2013-2014 em 30 de outubro. "Achar que a previsão feita para a Europa em 2010 será confirmada não tem sentido", disse a repórteres em Ohio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas