Tamanho do texto

Decisão ocorre após disputa territorial entre Japão e China ter prejudicado as vendas das montadoras japonesas no maior mercado automotivo do mundo

Reuters

Toyota, Nissan e Honda planejam cortar praticamente pela metade a produção na China, noticiou nesta segunda-feira o Nikkei, após a disputa territorial entre os países ter prejudicado as vendas das montadoras japonesas no maior mercado automotivo do mundo.

A Nissan suspenderá o turno noturno nas duas fábricas de veículos leves que tem na China e vai operar somente durante o dia, segundo o jornal. A montadora se negou a comentar o assunto.

Toyota e Honda planejam cortar a produção na China quase pela metade ao diminuir a jornada e a velocidade de produção, afirmou o jornal sem citar fontes.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.