Tamanho do texto

A ThyssenKrupp anunciou em maio que estava estudando todas as opções para conter os prejuízos da Steel Americas e concentrar o grupo em suas operações na Europa

Reuters

O grupo siderúrgico sul-coreano Posco está interessado em comprar a unidade Steel Americas da ThyssenKrupp, publicou o jornal MoneyToday, da Coreia do Sul. A unidade inclui a Companhia Siderúrgica do Atlântico, no Rio de Janeiro.

O MoneyToday informou que a Posco enviou uma "carta de intenções" para comprar a CSA e as instalações da Steel Americas nos Estados Unidos.

O jornal citou um representante relacionado à transação que afirmou que a Posco contratou o Credit Suisse como assessor para a compra da unidade e que pode formar uma aliança para comprar os ativos americanos da maior siderúrgica da Alemanha.

Um porta-voz da Posco não comentou o assunto, mas disse que a empresa estava estudando os ativos da ThyssenKrupp. Um porta-voz do grupo alemão reiterou que está negociando com alguns grupos interessados. Uma representante do Credit Suisse em Seul preferiu não falar sobre a questão.

As ações da ThyssenKrupp subiram quase 4% após a notícia e às 7h47 (horário de Brasília) eram negociadas com alta de 2,65%, enquanto o índice europeu de bens industriais e serviços mostrava alta de 0,4%.

O MoneyToday informou que não há sinal claro sobre a determinação da Posco em acertar um acordo já que seu caixa disponível caiu para cerca de US$1,8 bilhão e a companhia enfrenta potencial risco de revisão para baixo em suas notas de crédito.

A ThyssenKrupp anunciou em maio que estava estudando todas as opções estratégicas para conter os prejuízos da Steel Americas e reconcentrar o grupo em suas operações centrais na Europa.

Bancos envolvidos no processo disseram à Reuters que entre os potenciais interessados na unidade, além da Posco, estão a maior produtora de aço do mundo ArcelorMittal, a norte-americana US Steel, a japonesa Nippon Steel, a chinesa Baosteel e brasileira Companhia Siderúrgica Nacional.


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.