Tamanho do texto

Segundo o presidente-executivo da companhia aérea Akbar Al Baker, motor com nova tecnologia exige reposição e inspeção

Reuters

A Qatar Airways não receberá o 787 Dreamliner até que a Boeing conserte um defeito no motor, disse nesta terça-feira o presidente-executivo da companhia aérea.

"O 787 tem um motor com nova tecnologia. No entanto, tem havido um defeito nele que agora exige reposição e inspeção", declarou Akbar Al Baker.

"Informamos à Boeing que não haverá entrega até que os 787s tenham o motor consertado", acrescentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.