Tamanho do texto

Operação de US$4,6 bilhões dará a Heineken controle sobre as marcas Tiger e Bintang APB, que possuem cerca de 50% do mercado de cerveja da Indonésia, Malásia e Cingapura

Agência Estado

Os acionistas da Fraser & Neave (F&N) concordaram em vender sua participação em uma joint venture produtora de cerveja à Heineken por cerca de US$ 4,6 bilhões, encerrando uma saga de dois meses na qual a oferta da produtora de cerveja holandesa para fortalecer sua presença no lucrativo mercado de cerveja asiático parecia estar ameaçada por um bilionário tailandês recluso.

A decisão, aprovada em uma reunião de acionistas F&N, abre caminho para que a Heineken assuma o controle total da Asia Pacific Breweries (APB), o fabricante da Tiger Beer e um dos negócios mais rentáveis de cerveja da Ásia.

A partir desta sexta-feira a F&N detém 39,7% da APB, enquanto a empresa holandesa detém 55,64%.

O acordo dará a Heineken controle sobre as marcas de cerveja Tiger e Bintang APB, que possuem cerca de 50% do mercado de cerveja da Indonésia, Malásia e Cingapura, de acordo com o provedor de dados Euromonitor.

A Heineken disse nesta sexta-feira que espera que o negócio seja concluído em novembro deste ano. As informações são da Dow Jones.