Tamanho do texto

A Petrobras investiu, nos oito primeiros meses do ano, R$ 51,2 bilhões, 59% do previsto para 2012; balanço dos investimentos das estatais foi publicado na edição desta sexta-feira do Diário Oficial da União

Agência Estado

As empresas estatais federais realizaram em 2012, até o mês de agosto, 53,3% da dotação de investimentos prevista para o ano, o equivalente a R$ 57,1 bilhões.

O Ministério de Minas e Energia, ao qual estão vinculados 90,7% do total dos investimentos de estatais, conseguiu investir 55,8% do previsto para este ano. Com uma dotação orçamentária de R$ 97,1 bilhões, o ministério executou R$ 54,2 bilhões até o mês passado.

Estatais seguram investimentos e só gastam 46% do previsto para 2012

País terá mais duas estatais neste ano

Infraero negocia mais R$ 600 milhões no orçamento de 2013

O balanço dos investimentos das empresas estatais foi publicado na edição desta sexta-feira do Diário Oficial da União (DOU) por meio de portaria do Ministério do Planejamento.

O grupo Petrobras investiu, nos oito primeiros meses do ano, R$ 51,2 bilhões, 59% do previsto para 2012.

O grupo Eletrobras teve um desempenho muito mais baixo, com R$ 3 bilhões investidos, valor que corresponde a 29,6% do esperado para o ano. Além do Ministério de Minas e Energia, apenas o Ministério da Agricultura também conseguiu executar até agora mais da metade dos gastos previstos para 2012.

O desempenho da Agricultura foi de 61,7% do total, ou R$ 11,9 milhões.

Segundo o Ministério do Planejamento, o orçamento para investimentos em 2012 engloba 334 projetos de 73 empresas estatais, em um valor total de R$ 107,03 bilhões.

A dotação total teve um ligeiro acréscimo na última revisão, relativa ao quarto bimestre deste ano, de quase R$ 200 milhões, em relação ao aprovado no início do ano. Ainda segundo a portaria, dos gastos feitos até agosto, 85,1% foram financiados com recursos próprios das empresas.