Tamanho do texto

Bilionário brasileiro anunciou em junho que planejava vender uma participação na empresa de extração de ouro e, na ocasião, avaliou o negócio em US$2 bilhões

Reuters

A Qatar Holding, braço de investimento do fundo soberano do Catar, negou nesta quarta-feira que esteja negociando a compra de participação minoritária na AUX, empresa de extração de ouro do empresário Eike Batista.

"A Qatar Holding quer deixar claro que não está, nem nunca esteve, envolvida em discussões sobre tal aquisição. Não há fundamento, passado ou presente, para tal especulação", afirmou a unidade de investimentos em nota.

A Reuters divulgou na véspera que a Qatar Holding estaria em negociações avançadas para comprar, por cerca de US$2 bilhões, 49% da AUX, segundo informaram três fontes do setor bancário.

Eike anunciou em junho que planejava vender uma participação na AUX em setembro e, na ocasião, avaliou o negócio em US$2 bilhões.