Tamanho do texto

Troca do vice-presidente financeiro dois meses após Marissa Mayer, contratada do Google chegar a empresa, causou surpresa no mercado por conta dos fortes cortes protagonizados por antecessor

O novo vice-presidente financeiro do Yahoo, Ken Goldman: US$ 18 milhões em quatro anos
Divulgação
O novo vice-presidente financeiro do Yahoo, Ken Goldman: US$ 18 milhões em quatro anos

O novo vice-presidente financeiro do Yahoo, Ken Goldman, nomeado na terça-feira, receberá até US$ 18 milhões em salários, bônus, ações restritas e opções de ações no total dos próximos quatro anos, segundo documento enviado ao mercado.

Goldman receberá US$ 1,1 milhão em salário e bônus, além de units (ativos compostos por mais de uma classe de ações) e opções com base na performance de ações que podem valer até US$ 12 milhões no período.

Leia:  Yahoo! indica Marissa Mayer como presidenta-executiva

O Yahoo informou que Goldman também terá 76 mil units restritas como forma de compensar as perdas decorrentes da saída do cargo que ocupava na empresa de software de segurança Fortinet.

Tais units, avaliadas em cerca de US$ 1,2 milhões de dólares conforme o fechamento na véspera, de US$ 15,68, serão adquiridas em mais de 12 meses.

Goldman foi contratado apenas dois meses após a presidente Marissa Meyer ter sido contratada do Google e a mudança causou surpresa no mercado, pelo fato de o antecessor de Goldman, Tim Morse, estar levando à frente um forte programa de redução de custos em todo o mundo.