Tamanho do texto

A fabricante de alimentos norte-americana teve ganho de US$ 548,9 milhões no primeiro trimestre do ano fiscal 2013

Agência Estado

A fabricante de alimentos norte-americana General Mills anunciou nesta quarta-feira lucro líquido de US$ 548,9 milhões no primeiro trimestre do ano fiscal 2013, ou 82 cents por ação, alta de 35,3% em relação aos US$ 405,6 milhões, ou 61 cents por ação, obtidos em igual período do ano fiscal anterior.

A receita aumentou 5,3% na mesma base de comparação, para US$ 4,051 bilhões. Analistas ouvidos pela agência Thomson Reuters esperavam lucro de 62 cents por ação e receita de US$ 4,08 bilhões. A margem bruta da empresa subiu de 37,6% para 40,2% em relação ao mesmo período do ano fiscal 2012.

Os custos com insumos avançaram 0,9% no período. A detentora das marcas Cheerios e Betty Crocker tem lutado para mitigar custos mais altos das matérias-primas com o aumento dos preços dos produtos e redução dos tamanhos das embalagens.

Mas a perda de clientes preocupados com o orçamento doméstico em meio à lenta recuperação da economia norte-americana tem contribuído para volume de vendas e margens menores nos últimos trimestres. "Em nosso principal mercado, os Estados Unidos, estamos vendo uma melhoria lenta nas tendências de preço e volume de nossas categorias de alimentos vendidas no varejo", disse o executivo-chefe da empresa, Ken Powell.

"À medida que o segundo trimestre fiscal avança, nós vamos colocar suporte publicitário completo para os novos produtos e planejamos reforçar o merchandising das diversas categorias de produtos dentro das lojas." As ações da companhia fecharam a terça-feira a US$ 39,31 na Bolsa de Nova York (Nyse) e tem queda acumulada de 0,39% este ano. As informações são da Dow Jones.