Tamanho do texto

Fundada em 1999, companhia administra US$2 bilhões em recursos de pensão globalmente e detém participações em empresas listadas em bolsa como a Gafisa no Brasil

Reuters

O presidente-executivo da Equity International (EI), Gary Garrabrant, renunciou ao cargo por razões ainda desconhecidas, e Sam Zell, fundador da empresa de private equity, assumirá como presidente interino, informou na quarta-feira o Wall Street Journal.

O vice-presidente de estratégia, Thomas McDonald, também deixou a companhia, de acordo com o jornal.

A Equity International não confirmou as saídas.

Mas, em um comunicado ao qual a Reuters teve acesso, Zell, bilionário com investimentos no setor imobiliário, disse estar "ativamente engajado com a companhia" e que a EI tem condições de "contribuir durante a transição."

Fundada em 1999, a EI administra US$2 bilhões em recursos de pensão globalmente e detém participações em companhias listadas em bolsa como a Gafisa no Brasil, a chinesa Xinyuan Real Estate e a mexicana Homex Development.