Tamanho do texto

Segundo o presidente da fabricante japonesa, Satoru Iwata, novo console é 20 vezes mais potente que seu antecessor

EFE

O novo console Nintendo Wii U começará a ser vendido no Japão no próximo dia 8 de dezembro a um preço, em sua versão básica, de US$ 336, confirmou nesta quinta-feira o presidente da fabricante japonesa, Satoru Iwata.

Em uma de suas já frequentes apresentações virtuais, Iwata disse que o Wii U, 20 vezes mais potente que seu antecessor, o popular Wii, sairá à venda em dois modelos, um básico na cor branca e 8 gigas de memória, e outro premium na cor preta e com 32 gigas, que custará US$ 404.

Os dois pacotes apresentados por Iwata contarão com um console, um comando Wii U GamePad, um ponteiro para a tela táctil do controle, suportes para carregar o comando e cabo HDMI incorporado, detalhou a companhia, que deve realizar hoje apresentações em outras cidades do mundo. No próximo dia 8 de dezembro, o console sairá à venda acompanhado de seu inseparável símbolo, o encanador Mario, que protagonizará uma nova aventura sob o título "Super Mario Bros U", jogo que terá um preço sugerido de US$ 76.

Além disso, o presidente de Nintendo informou que o novo console será compatível com muitos dos acessórios e jogos do Wii, modelo que vendeu mais de 96 milhões de unidades no mundo todo. O Wii U, a grande aposta de Nintendo para os videogames, conta com a capacidade de reproduzir gráficos em alta definição e uma resolução em 1080p, embora a grande revolução esteja em seu comando, dotado de uma tela de 6,2 polegadas para enriquecer a experiência do jogador.

O comando Wii U GamePad será muito similar a um tablet, com tela táctil que poderá ser manejada com um ponteiro incorporado, e que incluirá giroscópio e acelerômetro, câmera e microfone, além dos frequentes botões de comando e dois "sticks". Por fim, Iwata acrescentou que o console será "muito ecológico" por ter um consumo médio de 40 watts, ao mesmo tempo em que permitirá jogar no comando sem necessidade de utilizar a televisão.