Tamanho do texto

Companhia brasileira mantém com a empresa aérea do Oriente Médio um acordo de compartilhamento de voos desde janeiro de 2011

Agência Estado

A Gol negou por meio de nota que esteja negociando com a Qatar Airways a venda da empresa. A companhia brasileira explicou que mantém com a empresa aérea do Oriente Médio um acordo de code-share (compartilhamento de voos) desde janeiro de 2011, "permitindo adicionar o código da Qatar Airways (QR) aos voos oferecidos pela Gol com origem em São Paulo para 48 destinos brasileiros".

Mais recentemente, frisou o comunicado, as empresas anunciaram nova parceria, para participantes do Smiles, da Gol, e do Privilege Club, da companhia do Oriente Médio, acumularem milhas em todos os voos operados por ambas.

No final de semana, a coluna Radar On-line, da revista Veja, publicou que há especulações de que a Qatar estaria interessada na companhia aérea brasileira. Em razão dessa notícia, o Citibank elevou sua recomendação para os papéis da Gol de Neutra/Alto Risco para Compra/Alto Risco.

A instituição também elevou o preço-alvo dos American Depositary Receipts (ADRs) para os próximos 12 meses de US$ 4,75 para US$ 10.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas