Tamanho do texto

Executivo chefiava a área de contabilidade da operação global do grupo e  exerceu diferentes funções na companhia no Brasil, Holanda, Reino Unido, Estados Unidos e México

A cervejaria Heineken anunciou a saída de Floris van Woerkom, chefe de controle e gabinete de contabilidade da operação global do grupo.

Van Woerkom já morou no Brasil; em 2001, se mudou para o País como diretor da Unilever. Ele entrou na Heineken em 2005 e assumiu a função de chefe de controle em 2010.

Segundo comunicado da multinacional, Van Woerkom "decidiu deixar a companhia no fim do ano para perseguir novos desafios profissionais".

Um porta-voz da Heineken disse ao Valor que a empresa ainda não tem um substituto para Van Woerkom, mas que deve encontrar alguém até o fim do ano.

O porta-voz disse também que Van Woerkom deve acompanhar o processo de transição.

Antes de atuar na Heineken, Van Woerkom trabalhou por 18 anos na Unilever.

Além do Brasil, o executivo exerceu diferentes funções na companhia nos mercados da Holanda, Reino Unido, Estados Unidos e México.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.