Tamanho do texto

Punição por abuso de posição dominante foi reduzida de 899 milhões de euros para 860 milhões de euros

EFE

O Tribunal Geral da União Europeia confirmou nesta quarta-feira a decisão de 2008 da Comissão Europeia de sancionar a Microsoft por abuso de sua posição dominante, embora tenha reduzido ligeiramente a multa de 899 milhões de euros a 860 milhões de euros, informou em comunicado.

Fique por dentro do Windows 8

A sentença, ditada nesta quarta-feira  em Luxemburgo, ainda poderá ser questionada pela empresa perante o Tribunal de Justiça da UE, a máxima instância judicial do bloco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.