Tamanho do texto

Para diretor financeiro da Petrobras, Almir Barbassa, a paridade de preços dos combustíveis no Brasil, em comparação com o mercado internacional, ocorrerá no médio prazo

Reuters

A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, disse nesta segunda-feira que o fato de haver menos projetos em etanol no plano da estatal para o período 2012-16 ocorre em função de poucas oportunidades efetivas de investimento na área.

O diretor financeiro da Petrobras, Almir Barbassa, disse que se a paridade de preços dos combustíveis no Brasil, em comparação com o mercado internacional, não foi feita com o reajuste da gasolina e do diesel anunciados na sexta-feira, isso será alinhado no médio prazo.

Barbassa falou à imprensa durante evento no Rio de Janeiro para detalhar planos da empresa para o período 2012-26.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.