Tamanho do texto

Indicador sinaliza que nível de descumprimento de obrigações das empresas continuará elevado nos próximos meses; já índice de inadimplência do consumidor caiu 1,4%

O indicador de perspectiva de inadimplência de empresas calculado pela Serasa Experian subiu 1% em abril sobre março, sinalizando que o nível de descumprimento de obrigações das empresas continuará elevado nos próximos meses, informou a companhia nesta segunda-feira.

O índice, que prevê movimentos cíclicos da inadimplência com seis meses de antecedência, subiu em abril para 106,6.

LeiaInadimplência do consumidor sobe 6,2% em maio, diz Serasa

"O lento processo de reativação do crescimento econômico, o nível ainda elevado da inadimplência dos consumidores e o agravamento da crise financeira internacional tenderão a postergar a concretização de uma trajetória de queda mais consistente da inadimplência das empresas", afirma a Serasa em comunicado à imprensa.

Já o indicador de perspectiva de inadimplência dos consumidores recuou 1,4% em abril sobre março, na nona queda consecutiva, para 95,8 pontos. Para a Serasa, o comportamento "sinaliza que o patamar de inadimplência dos consumidores será menor no segundo semestre em relação aos níveis verificados ao longo de 2011 e também no primeiro semestre de 2012".

TambémInadimplência do consumidor sobe em maio, diz Boa Vista

Segundo a empresa, a queda esperada na inadimplência do consumidor é incentivada por menor ritmo de crescimento do endividamento, maior rigor na concessão de crédito pelos agentes financeiros, manutenção das taxas de desemprego em níveis historicamente baixos e a continuidade de ganhos salariais acima da inflação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.