Tamanho do texto

De acordo com a empresa, o resultado deve-se à redução de 5,4% no número de dias de consumo do mês

O volume faturado da Companhia de Saneamento Básico de Minas Gerais (Copasa) caiu 1,17%, para 88,5 milhões de metros cúbicos, em maio. De acordo com a empresa, o resultado deve-se à redução de 5,4% no número de dias de consumo do mês e pelo crescimento de 5% no número de clientes em edifícios, com subdivisões em uma mesma ligação de água e esgoto.

Na comparação entre maio e abril, o volume faturado caiu 1,6%, influenciado pelo menor consumo em função das baixas temperaturas observadas no Estado de Minas Gerais, informou a companhia em comunicado. A Copasa anunciou também que, em maio, foram assinadas as concessões de esgotamento sanitário nos municípios mineiros de Capitão Enéas, Lagoa dos Patos e Verdelândia, cuja população somada é de aproximadamente 19 mil habitantes.

Na mesma ocasião, foram renovadas as concessões de abastecimento de água nesses municípios, que fazem parte do plano de expansão da empresa. De acordo com o comunicado, foram assinadas também concessão de abastecimento de água em Aracitaba e de abastecimento de água e de esgotamento sanitário na cidade de Felisburgo, município mineiro que se situa na área de abrangência da Copanor, subsidiária da Copasa. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.