Tamanho do texto

Questionamentos devem colocar pressão sobre a Universal para oferecer concessões para que a compra da divisão de gravação musical da EMI seja liberada

Reguladores da União Europeia estão preparando uma lista de preocupações resultantes do plano da Universal Music de comprar a divisão de gravação musical da EMI, afirmou um representante sênior da Comissão Europeia neste sexta-feira.

Esses questionamentos devem colocar pressão sobre a Universal para oferecer concessões para que o negócio seja liberado.

Autoridades antitruste apresentarão formalmente suas preocupações em um documento conhecido como "declaração de objeções".

"O próximo passo é uma declaração de objeções. Estamos agora preparando tal documento", afirmou o representante a repórteres. Ele não quis ser identificado por considerar o assunto sensível.

Reguladores da Comissão têm conduzido uma investigação completa sobre a proposta da Universal, que é controlada pela francesa Vivendi, citando preocupações sobre o grande potencial combinado de mercado do grupo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.