Tamanho do texto

Valor da operação não foi divulgado, mas analistas acreditam que o preço ficou abaixo de 30 milhões de euros

A fabricante de cervejas Heineken está comprando a belga Stassen Ciders para ampliar sua liderança no crescente mercado mundial de cidras e passando a explorar a habilidade da pequena empresa controlada por uma família em desenvolver cidras e vinhos não-alcoólicos.

A holandesa Heineken é a líder mundial em cidras ocupando a primeira posição no Reino Unido -o maior mercado de cidras no mundo onde é dona da Strongbow e Bulmers - e com presença em mercados como Finlândia, Holanda, Hungria, Itália, Canadá e Estados Unidos.

A cidra teve uma performance melhor que a registrada no mercado de cervejas em países desenvolvidos, e tem atraído novos consumidores, principalmente mulheres.

A Heineken, a terceira maior fabricante de cervejas do mundo, se recusou a informar, nesta sexta-feira, quanto pagará pela Stassen, com a qual já tinha trabalhado para desenvolver novas cidras como Strongbow Gold e Jacques. Analistas acreditam que o preço ficou abaixo de 30 milhões de euros (US$ 37,7 milhões).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.