Tamanho do texto

Os investimentos das empresas japonesas caíram 24,8% no terceiro trimestre, ante o mesmo período de 2008, na medida em que o iene se valoriza e há sinais de deflação, segundo dados divulgados ontem pelo Ministério das Finanças. Foi o 10.

º trimestre seguido de diminuição.

No segundo trimestre, a queda foi de 21,7%. Esses dados são usados na revisão do Produto Interno Bruto (PIB) e os números fracos de investimentos significam que o Japão pode reduzir fortemente sua leitura anterior do PIB, de 4,8% de crescimento no terceiro trimestre em comparação ao mesmo período de 2008. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.