Tamanho do texto

San Salvador, 14 nov (EFE) - A empresa brasileira Pettenati instalou uma indústria têxtil no oeste de El Salvador com um investimento de US$ 50 milhões, confirmaram hoje fontes oficiais.

A empresa, que na quinta-feira fez um ato inaugural de início de operações, se instalou no país depois de várias gestões realizadas pela vice-presidente de El Salvador, Ana Vilma de Escobar, encarregada da atração de investimentos.

Pettenati, segundo disseram hoje fontes da Vice-Presidência, fez um investimento inicial de US$ 50 milhões, que poderia dobrar nos próximos quatro anos.

A funcionária explicou à imprensa que a Pettenati, empresa que exporta roupas a diferentes marcas dos Estados Unidos, "buscava um cenário idôneo para fazer a primeira expansão de sua fábrica fora do Brasil".

De Escobar assegurou que a estratégia expansiva da empresa consiste em aproveitar as vantagens do Tratado de Livre-Comércio entre América Central e Estados Unidos para a exportação de seus produtos a esse mercado.

Ele assegurou que os empresários brasileiros "avaliaram as vantagens que El Salvador prometia como destino de investimento" no marco desse acordo comercial.

A fábrica, onde trabalharão inicialmente 400 pessoas, está instalada no município de Coatepeque, no departamento de Santa Ana (oeste). EFE cp/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.