Tamanho do texto

SÃO PAULO (Reuters) - A Bolsa de Valores de São Paulo desabava 9 por cento na tarde desta sexta-feira, refletindo o pânico global diante da possibilidade de uma recessão mundial. O pregão chegou a ser suspenso no início da manhã, depois de ter recuado mais de 10 por cento. Depois que os negócios foram retomados, o Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista, reduziu parte das perdas.

Mas o movimento de recuperação teve pouco fôlego e o processo de desvalorização voltou a tomar conta do índice, seguindo a piora dos mercados acionários internacionais, se aproximando mais uma vez do patamar de 10 por cento de queda.

Mas uma nova paralisação do pregão só irá ocorrer nesta sexta se a Bovespa cair 15 por cento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.