Tamanho do texto

A 4ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio deferiu o pedido de recuperação judicial da Sata, empresa de serviços aeroportuários controlada pela Fundação Ruben Berta, ex-dona da Varig. Com isso, ficam suspensas todas as ações e execuções contra a companhia.

No pedido, a Sata alega estar em "gravíssima situação econômica e financeira", pois dois terços do seu faturamento vinham da Varig. Com a venda para a Gol, os serviços foram transferidos para a Swissport.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.