Tamanho do texto

SÃO PAULO - A economia japonesa contraiu-se entre julho e setembro mais do que o estimado inicialmente, informou o Departamento de Gabinete do país nesta terça-feira. O Produto Interno Bruto (PIB) encolheu em termos reais a uma taxa anualizada de 1,8% no trimestre até setembro.

Inicialmente, a previsão era de que a economia tinha recuado 0,4% no intervalo.

Vale notar que a economia japonesa entrou em recessão nos três meses até setembro, com o PIB declinando 0,5% em relação ao trimestre antecedente. Uma recessão é comumente definida por dois trimestres consecutivos de contração da economia.

Para o ministro da Economia e Política Fiscal do Japão, Kaoru Yosano, o resultado de julho a setembro mostra que as exportações japonesas foram afetadas pela crise financeira global.

Em conversa com a imprensa, o ministro comentou que o governo deve tomar mais medidas para impulsionar a economia, como investimentos em projetos públicos.

Em uma base nominal, o PIB do Japão diminuiu 0,7% no trimestre até setembro em comparação com os três meses anteriores e caiu 2,7% a uma taxa anualizada entre julho e setembro.

Na semana passada, o Japão elevou sua estimativa para o crescimento econômico em 2007 fiscal, de 1,7% para 1,9%, citando um aumento no investimento em bens de capitais.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.