Tamanho do texto

PIB do Reino Unido teve expansão 0,8% no terceiro trimestre, puxado pelo setor de construção

A economia da Grã-Bretanha cresceu o dobro do esperado no terceiro trimestre deste ano, mostraram dados oficiais nesta terça-feira, reduzindo as chances do Banco da Inglaterra implementar mais estímulos econômicos no curto prazo.

Porém, o crescimento ainda deve desacelerar no próximo ano com o impacto dos cortes de gastos do governo, da elevação do imposto sobre valor agregado e da possível diminuição da atividade de construção.

A agência de estatísticas britânica informou que o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,8% entre julho e setembro. Um quarto da expansão deveu-se ao setor de construção, que representa cerca de 6% da economia.

Analistas previam uma alta de 0,4% – um terço da taxa registrada nos primeiros três meses do ano.

Em relação ao terceiro trimestre do ano passado, o PIB cresceu 2,8%, a maior taxa anual em três anos. No trimestre anterior, houve expansão de 1,7%.

O crescimento anual de 11% da construção é o maior desde o primeiro trimestre de 1988.

O avanço do setor de serviços se manteve em 0,6% no trimestre, mas a produção industrial desacelerou para uma expansão de 0,6%, ante 1% no trimestre anterior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.