Tamanho do texto

Os principais índices de ações do mercado norte-americano aceleraram os ganhos nesta tarde, com o índice Dow Jones chegando a ostentar uma alta de mais de 100 pontos, impulsionados pelo vigor das ações de energia e setor industrial. Além disso, os investidores encontraram algum conforto no plano anunciado pelo banco de investimentos americano Lehman Brothers Holdings Inc para reforçar suas finanças e na reafirmação da perspectiva para o terceiro trimestre anunciada ontem à noite pela Texas Instruments.

Outros analistas disseram ainda que fundos hedge e outros investidores continuam a desfazer apostas em commodities e moedas estrangeiras e estão colocando seu dinheiro nas ações americanas, como uma proteção contra o enfraquecimento econômico no exterior.

As ações do Lehman começaram o dia em alta, viraram em baixa e voltaram a subir recentemente. Por volta das 16 horas, as ações do banco subiam 4,49%. "O mercado de ações está no geral em um pânico, mas você terá dias onde vamos subir. É uma combinação de caça às pechinchas e esperança, anseio ou desejo dos investidores de que estamos nos últimos estágios da bagunça hipotecária, que eles estão dispostos a entrar e fazer alguma compra", disse Paul Nolte, diretor de investimentos da Hinsdale Associates.

Entre as ações de primeira linha (blue chips) de energia e industriais, destaque para IBM (alta de 3,36%), Chevron (2,78%), Caterpillar (3,44%) e ExxonMobil (2,63%). No setor de tecnologia, as ações da Texas Instruments registram um ganho de 1,57%.

Às 16h05 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 101 pontos (0,91%), o Nasdaq avançava 31 pontos (1,42%) e o S&P-500 registrava um ganho de 15 pontos (1,23%). As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.