Tamanho do texto

SÃO PAULO - Assim como as demais praças acionárias internacionais, as bolsas dos Estados Unidos repercutem o plano dos ministros das Finanças da União Europeia e Fundo Monetário Internacional (FMI). Para dar apoio ao euro, foi acordado um pacote de 750 bilhões de euros.

SÃO PAULO - Assim como as demais praças acionárias internacionais, as bolsas dos Estados Unidos repercutem o plano dos ministros das Finanças da União Europeia e Fundo Monetário Internacional (FMI). Para dar apoio ao euro, foi acordado um pacote de 750 bilhões de euros. Os investidores acompanham ainda a relação do dólar frente a outras divisas, como o euro e a libra, as oscilações nos preços de commodities, como petróleo, e o movimento dos títulos do Tesouro americano. Instantes atrás, o Dow Jones somava 10.772,89 pontos, avanço de 3,78%. O S & P 500 tinha acréscimo de 4,07%, aos 1.156,14 pontos. O Nasdaq registrava 2.361,24 pontos, valorização de 4,22%. Na sexta-feira passada, Wall Street tiveram mais uma rodada de queda. (Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.