Tamanho do texto

BRASÍLIA - A dívida externa estimada para dezembro de 2008 estava em US$ 200,192 bilhões, abaixo dos US$ 211,381 bilhões fechados em setembro daquele mesmo ano, mas supera o valor fechado em 2007, de US$ 193,219 bilhões. O Banco Central (BC) acrescentou ainda que a posição para dezembro apresenta redução de US$ 6,4 bilhões em relação à estimativa de novembro.

A dívida externa de médio e longo prazos foi projetada em US$ 162,72 bilhões, menor do que o montante de US$ 163,87 bilhões fechado em setembro. A dívida de curto prazo foi prevista em US$ 37,47 bilhões, também mais enxuta perante o fechado de setembro, de US$ 47,507 bilhões.

Os empréstimos intercompanhias das multinacionais a suas subsidiárias no país totalizavam US$ 66,875 bilhões em dezembro de 2008. Em setembro, ficaram em US$ 61,585 bilhões. Somando-se esses empréstimos, desconsiderados da dívida externa líquida, a dívida bruta declinou para US$ 267,067 bilhões frente aos US$ 272,966 bilhões fechados em setembro.

(Azelma Rodrigues | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.