Tamanho do texto

O diretor de licenciamento do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Sebastião Custódio Pires, deixará o cargo. A informação foi confirmada no início da noite pelo Ibama, que informou que a decisão partiu da diretoria do órgão e se dará por meio de ato administrativo.

Além disso, o coordenador-geral de Infraestrutura de Energia Elétrica do Ibama, Leozildo Tabajara da Silva Benjamin, pediu exoneração do cargo.

Segundo informações de um funcionário do Ibama, os dois estão deixando o cargo devido às pressões do governo para acelerar o licenciamento da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu, no Pará. De acordo com essa fonte, ainda há divergências na área técnica do Ibama quanto à viabilidade da obra. Assim, tanto o diretor quanto o coordenador acabaram saindo por resistir a essas pressões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.