Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dia de protestos cancela voos e trens na Grécia

Os sindicatos protestam contra as medidas de austeridade que o Executivo socialista quer impor para reduzir o deficit fiscal grego

EFE |

O novo dia de protestos convocado para esta terça-feira pelo sindicato dos funcionários públicos (Adedy) contra as medidas de austeridade do governo da Grécia está afetando o tráfego aéreo, com dezenas de

AFP
Gregos participam de manifestação em Atenas
voos cancelados, e o transporte por ferrovia em todo o país, segundo informou o próprio sindicato. Nesta terça-feira e na quarta-feira, os hospitais públicos só farão atendimentos de urgência devido à paralisação organizada pelos médicos para reivindicar o pagamento de horas-extras.

Os serviços de ambulâncias e os servidores dos ministérios da Fazenda e da Alfândega também vão parar nesta terça, enquanto os funcionários das Prefeituras seguirão com os protestos pelo segundo dia. Ao todo, foram cancelados nesta terça-feira 118 voos no país, a maior parte nos aeroportos secundários, devido à greve dos funcionários civis da aviação. Adedy convoca os filiados a apoiar no centro de Atenas uma manifestação dos professores do Ensino Médio, que continua uma greve de protestos iniciada na segunda-feira.

Cerca de 20 professores interromperam na noite de segunda o canal estatal "ERT" para protestar pelas condições de trabalho impostas pelas medidas governamentais para sanear as finanças estatais e, após enfrentasse com as forças da ordem. A greve dos funcionários se estenderá até quarta, quando ocorre uma greve geral em todo o país convocado pelas centrais sindicais majoritárias.

 

Leia tudo sobre: Gréciaprotesto

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG