Tamanho do texto

Piora do mercado de trabalho está ligada à crise econômica no país, que teve de adotar medidas de contenção de gastos

selo

A taxa de desemprego na Grécia subiu para 15,9% no primeiro trimestre, informou hoje a agência nacional de estatísticas. No primeiro trimestre do ano passado, o desemprego estava em 11,7% e, no quarto trimestre de 2010, em 14,2%. A disparada do desemprego está ligada à crise econômica no país, que foi forçado a adotar medidas de contenção de gastos e redução de salários.

Também em crise, a Irlanda revisou em baixa a taxa de desemprego de maio, para 14,1%, ante os 14,8% informados no início do mês. A nova estimativa, divulgada hoje, é baseada na Pesquisa Nacional Trimestral de Pessoas Físicas. O escritório nacional de estatísticas também revisou os cálculos para a taxa de desemprego em abril, março e fevereiro para 14% e em janeiro para 14,3%.

Reino Unido

Em outra divulgação do dia, o Escritório para Estatísticas Nacionais do Reino Unido informou que as vendas no varejo recuaram 1,4% em maio, em comparação com abril, a maior queda mensal desde janeiro de 2010. Em bases anuais, as vendas subiram 0,2%. Os dados fracos de maio surgem após as fortes vendas no varejo em abril, que foram impulsionadas pelo clima excepcionalmente quente, pelo casamento real e por um feriado extra. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.