Tamanho do texto

A taxa de desemprego no Reino Unido atingiu 7,7% nos três meses até agosto, informou hoje a Organização Internacional do Trabalho (OIT)

selo

A taxa de desemprego no Reino Unido atingiu 7,7% nos três meses até agosto, informou hoje a Organização Internacional do Trabalho (OIT). Esta é a menor taxa desde os três meses encerrados em maio de 2009. Nos três meses até agosto, o número de desempregados na região caiu 20 mil, para 2,4 milhões. Economistas esperavam taxa de 7,8% pelos critérios da OIT.

Apesar do resultado pelos dados da OIT, o volume de pedidos de auxílio-desemprego no Reino Unido subiu em setembro pelo segundo mês seguido. Segundo o Escritório de Estatísticas Nacional, o número de pedidos de auxílio-desemprego cresceu 5.300 em setembro, resultando em uma taxa de desemprego de 4,5%. Esta foi a maior alta nos pedidos desde janeiro e segue-se a uma elevação de 3.800 nos pedidos feitos em agosto, acompanhado de uma taxa de desemprego de 4,5%. O aumento dos pedidos superou a previsão dos economistas, de elevação de 3.750 pedidos. A previsão para a taxa de desemprego era de 4,5%. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.