Tamanho do texto

Maior economia do mundo deve recuperar o ritmo nos próximos trimestres, na avaliação do diretor-gerente interino do Fundo

O Federal Reserve não precisa considerar uma política adicional de estímulos monetários porque a maior economia do mundo deve recuperar o ritmo nos próximos trimestres, ajudada pelo crescimento das exportações e da renda disponível, disse o diretor-gerente interino do Fundo Monetário Internacional (FMI), John Lipsky, nesta quarta-feira.

Há o risco de que o desemprego continue elevado por causa da recuperação vagarosa e é apropriado para as economias avançadas manter as políticas expansionistas, disse Lipsky.

"Nossa expectativa é que a atual política monetária dos EUA seja consistente com um retorno ao crescimento moderado", disse ele, quando questionado se o Fed precisaria embarcar em outro programa de estímulos.

Lipsky não quis discutir detalhes do segundo resgate financeiro proposto para a Grécia.

Ele também considerou hipotética a ideia de que credores privados concordem voluntariamente em adiar os vencimentos da dívida grega.

"Há necessidade para que esse programa seja financiado adequadamente e isso está sendo discutido agora. Qualquer conversa (sobre o rolamento da dívida grega) é completamente hipotética."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.