Tamanho do texto

Cortes atingiram o total mensal mais baixo desde junho de 2011, mas subiram em comparação com dezembro de 2010

selo

Os cortes de empregos anunciados pelas empresas dos EUA diminuíram novamente em dezembro e atingiram o total mensal mais baixo desde junho de 2011, embora tenham subido fortemente em comparação com dezembro de 2010, de acordo com dados da consultoria Challenger, Gray & Christmas.

Leia mais : Setor privado dos EUA surpreende e cria 325 mil vagas em dezembro

Os empregadores norte-americanos pretendiam eliminar 41.785 postos de trabalho em dezembro, uma queda de 1,6% em relação aos 42.474 de novembro, mas um salto de 31% na comparação com dezembro de 2010.

Veja também : Economia dos EUA dá drible da vaca

Esse foi o terceiro mês seguido de queda desde a máxima em 29 meses de 115.730 atingida em setembro. O corte de vagas para o ano de 2011 somou 606.082, um aumento de 14% ante 2010. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.